Gatilhos Mentais: Comece a Aplicar Agora Mesmo na Sua Estratégia

Gatilhos Mentais: Comece a Aplicar Agora Mesmo na Sua Estratégia

Quantas decisões você toma durante as 24 horas do seu dia? Segundo a pesquisa feita pelo Roberts Wesleyan College, nós tomamos 35.000 decisões durante o dia. Desde as mais simples sobre o que comer de café da manhã ou qual sapato escolher até as decisões que estão relacionadas ao consumo. É aí que entram os gatilhos mentais que vamos falar neste post hoje!

Os gatilhos mentais são as decisões em automático que nosso cérebro toma, servem de facilitadores para o nosso cérebro. O pulo do gato aqui é utilizar desses gatilhos mentais na sua estratégia de marketing e vendas. Separamos algumas razões e exemplos para você começar a usar os três principais gatilhos mentais utilizados no mundo do marketing.

Venda mais quando há escassez

A escassez é um gatilho mental muito utilizado e bastante poderoso. A sensação de que está acabando ou de que é limitado, faz com que nosso inconsciente queira tomar aquela decisão rapidamente. O ser humano gosta de exclusividade e paga por isso, muitas vezes sem perceber que é um dos gatilhos mentais mais utilizados no mundo do marketing.

Alguns exemplos de gatilho mental de escassez são “último em estoque”, “vagas limitadas”, “conteúdo exclusivo”, “os 20 primeiros que enviarem mensagem”, “lançamento de apenas 100 unidades em todo o Brasil”. O perigo que mora neste gatilho mental é quando a escassez não é real. Se o público perceber que está sendo enganado de alguma forma, o efeito é totalmente o oposto, por isso tome cuidado para utilizar esse gatilho somente quando for real e cumpra com o que foi dito.

Se é urgente, é importante!

O segundo gatilho mental mais utilizado é o da urgência. Parecido com o da escassez, o gatilho da urgência utiliza o fator tempo para criar a sensação de que o consumidor deve tomar uma ação o quanto antes. Daremos aqui dois exemplos de urgência.

O primeiro que é bastante famoso nos Estados Unidos é a Black Friday, que é a sexta-feira após o Thanksgiving. Nos Estados Unidos funciona muito bem, pois as marcas cumprem com o prazo e de fato reduzem os preços. O Brasil adotou a Black Friday há alguns anos e esse termo vem caindo cada vez mais no gosto dos brasileiros.

Já o segundo exemplo é muito utilizado por sites de compras coletivas, que é aquele relógio regressivo indicando quanto tempo aquela oferta ainda está disponível, mostrando a urgência que existe para se comprar o produto e não perder a oportunidade.

Em ambos os casos, se o gatilho for usado de forma desonesta, o consumidor vai notar e vai ir a público. A Black Friday, por exemplo, é para durar apenas um dia e oferecer descontos de verdade. No Brasil, algumas marcas usam esse termo em várias épocas do ano, durando vários dias. Além disso, já houve casos onde os preços foram aumentados uma semana antes e quando inauguraram a Black Friday, reduziram o preço para o valor que de fato era vendido.

Já no segundo exemplo, se todos os dias o mesmo relógio regressivo estiver no site e a promoção nunca acabar, o consumidor também vai perceber e você perderá a confiança do público.

Por que todo mundo está fazendo isso?

O ser humano tem a prova social muito aguçada e quando se tem muitas pessoas fazendo ou comprando algo, a gente acaba por ter vontade também. Para utilizar o gatilho mental da prova social você precisará de números. Claro, eles precisam ser reais.

Um exemplo que daremos para esse gatilho é a divulgação de um filme que está nos cinemas. Se você informar que mais de 2,5 milhões de pessoas já assistiram, começamos a no mínimo nos questionar o porquê tanta gente se interessou por esse filme. Cria-se a curiosidade ao ponto de se fazer o movimento de ir assistir também para “não ficar de fora”.

E você, consegue identificar um desses gatilhos mentais nas marcas que você consome? Já caiu em algum deles?

Se você gostou desse conteúdo e quer investir mais em estratégias de marketing no seu negócio, não deixe de visitar nossa página onde você pode fazer download de Materiais sobre marketing digital. Nós preparamos nossos materiais com as melhores e mais atualizas dicas sobre o assunto para ajudar o seu negócio a crescer!

A Growth Plan, além de oferecer consultoria de marketing, oferece a estruturação e treinamento interno completo com o objetivo de capacitar um time dentro da sua empresa para atuar na área, sem a necessidade de precisar de um fornecedor externo.

Deixe seu comentário