Existe algum segredo para escolher as melhores palavras-chave

Existe algum segredo para escolher as melhores palavras-chave

Tempo de leitura: 4 minutos

A internet é um mar de oportunidades para empresas e pessoas para diferentes finalidades. São milhões de pessoas conectadas em um mesmo ambiente, repercutindo seus conteúdos e acessando sites e redes sociais a todo tempo. Para os negócios, inserir-se no meio digital foi uma solução grandiosa para que as empresas ganhassem maior visibilidade e, consequentemente, aumentassem seu volume de vendas.

Através de publicações em páginas da empresa, comunicação com os clientes através de chats, e-mail marketing, vídeos, entre outras formas, o cliente passou a ser assessorado de maneira mais efetiva, tendo em mãos diferentes produtos para escolher quando e onde quiser. Apesar dessa imensa facilidade proporcionada pela internet, saber inserir-se nesse meio de forma positiva, nem sempre é uma tarefa tão simples.

Para que um conteúdo, mesmo que bem escrito, seja realmente visto pelos usuários que estão pesquisando sobre determinado assunto na web, são necessárias algumas técnicas, como o uso de palavras-chave (keywords).

Tais palavras trabalhadas dentro de um texto são as responsáveis por auto promovê-lo em meio aos inúmeros outros conteúdos sobre o mesmo assunto que aparecem nas pesquisas do navegador. Essa técnica pertence à estratégia de SEO (Search Engine Optimization), que reúne diversas técnicas para otimização de sites e páginas como um todo.

Assim, se bem pensadas e inseridas corretamente na publicação, o texto ganhará destaque na busca, sendo visualizado e acessado muito mais facilmente do que os da concorrência. Com isso, o fluxo de visitantes na página aumenta e, consequentemente, a busca pelos serviços da empresa.

Existem disponíveis na internet, diversas plataformas que auxiliam na busca por palavras-chave em alta além de ideais para determinado assunto. Nelas, é possível saber o volume de buscas por cada uma, variações, relevância, e até mesmo o uso delas pela concorrência.

Dentre essas ferramentas bastante usadas para a definição das keywords está o Google Keyword Planner, Google Trends, UBERSUGGEST, entre outras. Para quem ainda não domina a técnica de avaliar e escolher as melhores palavras-chave, essa é uma alternativa bastante viável. Até para quem já domina o assunto, é importante pesquisar, pois as mesmas podem alterar-se a cada instante, de acordo com novos acontecimentos e atualizações na internet.

Porém, não adiantará de nada inserir keywords que não possuem relação direta com o assunto, segmento da empresa e tema do texto, pois assim o seu texto nunca será achado na busca. Além disso, saber trabalhá-las ao longo do texto também influencia diretamente no resultado final. Por isso, separamos algumas dicas de ouro para você não errar na escolha das palavras-chave ideais para o seu negócio. Confira:

Pense como um usuário

Para definir corretamente as palavras-chave, é preciso que você pense no lugar de um usuário: se quisesse pesquisar sobre esse assunto, quais palavras você inseriria na busca? Opte por palavras curtas e simples, pois elas são maioria nas pesquisas. Após isso, faça a pesquisa em algumas das plataformas citadas para definir ortograficamente como será melhor.

Associe com o conteúdo

É importante que as palavras tenham associação direta com o que está sendo exposto no texto. Por exemplo, o seu texto é sobre as tendências da moda masculina em 2019, para a keyword, você pode utilizar “moda masculina para 2019”. Se a sua palavra-chave fosse apenas “moda 2019”, com certeza apareceriam milhares de outras opções sobre o assunto.

Aposte em expressões

Muitos acham que as keywords devem ser palavras isoladas. Porém, trabalhar expressões surte muito mais efeito no texto. Isso porque a maioria das pessoas utiliza expressões para a busca no navegador, até por uma questão de não saber muito sobre o assunto e, portanto, não saber como pesquisá-lo.

Além disso, as palavras isoladas acabam competindo muito com conteúdos diversos de outros milhares de sites, o que dificulta uma boa colocação nas páginas de pesquisa. Segundo pesquisas, 50% das pesquisas são feitas utilizando entre 4 e 6 palavras.

Pesquise a sua concorrência

Através das ferramentas citadas, é possível saber quais são as palavras-chave em alta nos sites de interesse do seu segmento. Assim, você pode analisar quais são as buscas mais realizadas para o seu setor e até mesmo ajudar na definição de conteúdos mais relevantes para o seu público (que é o mesmo da sua concorrência).

Lógica gramatical

Nem sempre as palavras-chave seguem uma lógica gramatical, já que muitas são escolhidas de acordo com o tema de um texto específico. Porém, procure não alterá-la para outras publicações. Para isso, procure moldar os seus textos, ou seja, nunca adapte uma palavra-chave para o seu texto, mas sempre ao contrário.

Deixe seu comentário