Invista no Mapeamento da Concorrência e Saia Na Frente Na Hora de Vender

Mapeamento da concorrência
Descubra como o mapeamento da concorrência pode fazer toda a diferença para a sua empresa na hora de fechar um bom negócio.
👇🏾 O que você verá neste artigo:

A cada ano, o mercado se torna ainda mais competitivo, exigindo que marcas e empresas disputem o mesmo cliente e sendo obrigadas a desenvolver técnicas de vendas que sejam assertivas. Por isso, o mapeamento de concorrência é fundamental para garantir melhores resultados e para não permitir que você fique para trás na corrida dos negócios.

É preciso garantir que a sua marca construa autoridade no mercado e isso também envolve saber analisar a concorrência, identificando qual é o grau de ”ameaça” que representam para a sua empresa e o impacto que podem ter em seus negócios.

Ficou curioso e quer saber mais sobre como mapear seus concorrentes e o que fazer depois disso?

Continue a leitura!

Qual o objetivo do mapeamento da concorrência?

O principal objetivo do mapeamento da concorrência fica nítido no próprio nome dessa técnica. O objetivo é mapear, identificar e analisar os concorrentes de uma empresa.

Essa prática é muito utilizada principalmente na hora de entender quais são as melhorias que precisam ser realizadas e quais são os maiores diferenciais que a sua empresa possui, que acaba sendo um destaque no mercado diante da concorrência.

Dessa forma, é preciso que você não só observe os concorrentes da sua empresa, como também, analise o produto e o serviço que ela oferece. Todas as características são fundamentais na hora de mapear, isso inclui: preço, autoridade da marca, custo benefício, qualidade do produto e valor agregado.

Por que o mapeamento de concorrência é tão importante?

Há uma frase muito conhecida de Napoleão Bonaparte que explica muito bem o processo de mapear a concorrência:

 

Mantenha os amigos próximos e os inimigos mais próximos ainda. (Napoleão Bonaparte)

Isso acaba sendo um ensinamento fundamental na hora de identificar quem de fato são os nossos concorrentes e qual é o ponto forte e a fraqueza do seu negócio diante de cada um deles.

Não pense que isso se trata apenas de um mapeamento da concorrência com o objetivo de conhecer mais sobre outras empresas do seu segmento ou que trazem uma solução que pode desbancar a sua.

Além disso, identificar os concorrentes fortalece o discurso de vendas e isso é essencial para garantir sucesso no final da negociação.

Você já pensou como um profissional de vendas da sua equipe reagiria caso um cliente, durante o processo de negociação, apresentasse uma determinada característica de um concorrente seu como argumentação?

Caso você não esteja com o mapeamento da concorrência da sua empresa em dia, é possível que o profissional seja pego de surpresa, ficando em uma situação desfavorável para fechar a venda.

Então é importante que a gente preveja essas questões, porque dessa forma é possível se proteger de eventuais imprevistos.

Fique atento!

Como iniciar um mapeamento da concorrência?

O mapeamento da concorrência pode ser um grande aliado na hora de construir uma técnica de vendas assertiva.

Para isso, é importante que você saiba quais são os primeiros passos para analisar seus concorrentes. Assim é possível identificar quais são os pontos fortes que de destacam e quais pontos fracos prejudicam.

Isso também opera diretamente na análise da sua própria empresa. Saber identificar o que podemos melhorar no nosso produto ou serviço gera insights e mudanças construtivas e isso é o que toda equipe de vendas procura, certo?

Para iniciar o processo, é possível analisar a presença que a empresa possui nas mídias sociais. Neste caso, uma plataforma essencial para ser analisada é o LinkedIn, por lá você consegue não só conhecer mais sobre os valores e estratégias da empresa, como também conhecer a relação da empresa com os consumidores e colaboradores.

Além disso, identificar o diferencial que a sua empresa possui em relação à determinado concorrente é uma ótima arma para argumentar com o cliente na abordagem comercial, tirando qualquer chance da concorrência em fechar o negócio.

Saiba identificar os concorrentes diretos e indiretos

Para além do mapeamento da concorrência, é importante que a sua empresa saiba identificar qual tipo de concorrente está analisando.

Afinal, para cada um há uma estratégia a ser desenvolvida. Conheça agora a diferença entre eles:

Concorrentes diretos

De maneira resumida, todo concorrente direto é aquele que compete com a sua empresa diretamente, atuando em um mesmo modelo de negócio.

Ou seja, esses concorrentes apresentam um mesmo produto, com um mesmo público alvo. Isso torna o grau de diferenciação entre o seu produto e o do concorrente muito baixo.

Um bom exemplo disso são as marcas de achocolatados, como por exemplo: Nescau e Toddy. Ambos oferecem o mesmo produto e estão inseridos no mesmo mercado.

Concorrentes indiretos

Já um concorrente indireto, atua em qualquer mercado, mas resolve o problema do cliente da mesma forma que o seu produto ou serviço, fazendo com que a sua empresa acabe não fechando o negócio.

O grau de diferenciação aqui é maior. Seguindo o mesmo exemplo sobre achocolatados e a marca Toddy e Nescau, podemos citar que são concorrentes indiretos de produtos como Nescafé, que também oferece uma bebida em pó, mas ainda assim produtos distintos.

Dicas na hora de iniciar o mapeamento da concorrência

Para te ajudar a saber o que analisar na hora de mapear a sua concorrência, separei algumas dicas para você iniciar o processo.

Confira!

1. Preço

Saiba que o preço é uma base que influencia muito na hora de fechar um negócio com alguma empresa ou até mesmo realizar uma compra, seja em loja física ou virtual.

Alguns clientes vão levar somente esse fator em consideração, ignorando qualquer outro que seja agregado. Isso inclui a qualidade, que por inúmeros fatores, nem sempre é essencial para alguns consumidores.

Mas já em outras situações, há clientes que decidem se compram ou não a partir do preço cobrado, mas ainda assim, levam em consideração outras características, o que desperta um sentimento de busca pelo melhor custo benefício.

2. Valor agregado

Ao contrário do que por muito tempo se acreditou, preço e valor não são a mesma coisa. Há uma grande diferença entre eles e as empresas devem ter isso muito claro em suas estratégias.

Na hora de fechar um negócio, o que mais chama a atenção de um cliente é o valor que o seu produto ou serviço oferece, sendo esse um dos principais fatores que levam à finalização do processo de vendas de maneira positiva.

Todo produto ou serviço que possui valor agregado consegue um espaço melhor no mercado. Ou seja, os diferenciais são o que acabam atraindo um cliente e deixando seu público alvo cada vez mais satisfeito.

3. Autoridade da marca

Você já deve saber que a autoridade de uma marca faz toda a diferença nas vendas, certo? Isso pode ser um dos fatores principais para que uma empresa consiga vender seu produto ou serviço de maneira automática, sem muito ”esforço”.

Todas as marcas que conseguem construir uma imagem forte e de referência para todo o segmento acabam chamando mais a atenção do público. Ainda utilizando o exemplo das marcas de achocolatados, Nescau e Toddy, por exemplo, acabam sendo as mais procuradas para compra e com uma imagem mais forte no mercado, em comparação à achocolatados que sejam desconhecidos.

Para gerar essa autoridade, é importante saber quais são os pontos que o seu público alvo levam mais em consideração na hora de escolher com qual empresa vai fechar negócio.

Saiba dizer quais são os pontos de destaques, tanto positivos quanto negativos e quais são os diferenciais procurados, por exemplo.

Tudo isso é necessário para conseguir traçar um perfil de concorrência fiel ao mercado em que você está inserido, auxiliando no desenvolvimento da empresa.

4. Pós venda

Saiba identificar se o processo de pós venda da sua empresa funciona, bem como da sua concorrência.

Muito se fala no mundo das vendas que mais importante do que conquistar um novo cliente, é manter um antigo. Quanto mais eficiente isso seja, maior será o resultado.

Para isso, é importante que os profissionais de vendas da sua equipe estejam focados em não somente vender um produto, mas sim, conquistar um cliente e demonstrar como o valor agregado faz toda a diferença.

4 ferramentas que vão te ajudar a mapear sua concorrência

Com o avanço da tecnologia, podemos contar com ferramentas para nos auxiliar em quase tudo e no mapeamento da concorrência não é diferente.

É possível analisar de uma maneira super acessível e o melhor de tudo: de maneira gratuita!

1. Google Alerts

Essa é uma ferramenta do Google que permite que você crie alertas para conteúdos da web. Ou seja, você vai receber os últimos conteúdos lançados pelos seus concorrentes.

Você vai receber tudo por e-mail e poderá acessar desde artigos até mesmo reclamações de clientes, basta que você selecione quais termos devem ser alertados.

Para acessar basta clicar aqui.

3. Reclame aqui

Essa ferramenta analisa diretamente a reputação de uma empresa. Por ela, é possível identificar quais falhas os seus concorrentes possuem e como lidam com as reclamações dos clientes na plataforma.

É possível identificar o que acaba sendo um ponto negativo para os clientes e também saber como são as respostas e quanto tempo demoram para responder o consumidor.

Para acessar basta clicar aqui.

4. Ubersuggest

Já esse software verifica como é o desempenho do blog ou site dos seus concorrentes. É possível analisar alguns pontos, como: tráfego orgânico, relevância, palavras chaves, etc.

Você pode fazer uma comparação com os seus resultados e construir estratégias a partir disso.

Para acessar basta clicar aqui.

Em resumo…

Uma empresa focada em otimizar seus resultados precisa desenvolver um mapeamento da concorrência. Isso é quase um fato incontestável.

Além disso, identificar o mercado e saber quais são as soluções que o público alvo procura faz toda a diferença. Quando uma empresa entende quais são seus pontos fortes e francos frente à concorrência, se torna ainda mais fácil repaginar e potencializar aquilo que já funciona super bem.

Mais importante do que conhecer a sua própria empresa, é saber analisar quem são seus concorrentes e como atuam no mercado.

Agora que você já sabe a importância do mapeamento da concorrência e por onde começar, invista agora mesmo nessa estratégia e decole suas vendas de uma vez por todas.

. . .

👍🏾 Curtiu o conteúdo? Acompanhe também nosso canal lá no YouTube, mas não se esqueça de ativar o sininho 🔔 pra receber os próximos vídeos.

Aproveite e siga a gente no Instagram. 👌🏾

Compartilhe o conteúdo

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Este conteúdo foi escrito por
Maria Carolina

Maria Carolina

Passou pela história e pela pedagogia, mas foi no Marketing que se encontrou. Do pé que brotou Maria, nasceu Oyá Denan. Mulher negra, Ìyàwó, tem pimenta na boca, dendê nas veias e escolheu ser vento sul em Salvador. Apaixonada por poesia, escreve para que suas palavras ecoem.

Receba nossos conteúdos 👇🏾

Um montão de gente inteligente deixou o email aqui pra receber nossos conteúdos antes de todo mundo. Falta só você!
🔒 Seus dados estão 100% protegidos e jamais serão compartilhados. Ao se cadastrar, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Leia também e aprenda mais

Seus resultados estão deixando você realmente feliz?

Podemos conversar sobre sua operação de marketing e vendas pra descobrir quais pontos chaves podem ser melhorados com a Transformação Digital, de acordo com seus objetivos e metas. Vamos?
Marketing de Crescimento - Transformação Digital em Marketing e Vendas
Rolar para cima

E-mail cadastrado com sucesso!

A partir de agora você receberá nossos conteúdos sempre que saírem. Aproveite e confira o e-mail de boas vindas que acabamos de te enviar.
⚠️ Não recebeu? Então confira sua caixa de Promoções ou de SPAM e marque nosso e-mail como confiável — Estrela ⭐
eBook Técnicas de Vendas - Marketing de Crescimento
⬇️ Baixe Grátis seu eBook e venda melhor:

Dê Play e Assista a Aula Exclusiva sobre Prospecção Digital

✅ Esta aula faz parte do curso “Máquina de Vendas: RD Station CRM + Prospecção no LinkedIn”, onde você pode aprender a aplicar a Transformação Digital em Vendas B2B pra Prospectar, Gerenciar e Otimizar seu Processo com o Poder da Tecnologia.

Material enviado com sucesso!

O link no seu email expirará em:
Minutos
Segundos
⚠️ Não recebeu? Confira sua caixa de Promoções ou SPAM e marque nosso e-mail como confiável — ⭐ Estrela