Como a Relação Redes Sociais e SEO Pode Afetar Seu Rankeamento

Como a Relação Redes Sociais e SEO Pode Afetar Seu Rankeamento

Qual é relação entre Redes Sociais e SEO? Como isso pode afetar o seu ranqueamento? Dúvidas pertinentes e que mais pessoas ligadas ao marketing digital buscam descobrir.

Isso porque cerca de 62% dos brasileiros (aproximadamente 120 milhões de pessoas) utilizam as redes sociais de alguma forma (fonte).

Com um volume tão grande de tráfego, o SEO nessas plataformas pode ser o caminho do sucesso pro ranqueamento, comentam alguns.

Talvez não seja tão claro assim: o próprio Google apontou que as estratégias OffPage (otimização feita fora do seu site) nas redes sociais valem tanto quanto outras páginas da internet.

Há, porém, algumas características que podem fazer a diferença nessa relação. Continue lendo.

Redes Sociais e SEO influenciam no ranqueamento?

Existem pontos claros e diretos sobre a relação entre ambos já analisada por especialistas e divulgados pelo Google, principal motor de busca.

Por outro lado, existem técnicas ‘escondidas’ que podem fazer a diferença na relação entre redes sociais e SEO.

Um dos ‘gurus’ do marketing digital, Neil Patel, em entrevista a Exame apontou que é possível unir estratégias de anúncios pagos, SEO e redes sociais. Contudo, o especialista deixa sua fórmula oculta – por enquanto – do grande público, apostando apenas naqueles que investem nas suas palavras.

Mesmo com Neil Patel não divulgando quais são as ferramentas pra chegar lá, é possível entender como a relação entre redes sociais e SEO afligem o ranqueamento do seu site.

Entre os principais tópicos estão:

  • Indexação do seu site, como ocorre em outras páginas web (processo de link building), o que já faz importante a presença nas redes sociais;
  • Conteúdo de qualidade, assim como publicado nas páginas internas, mantém a relevância em estratégias OffPage nas redes sociais;
  • É possível conquistar preciosos backlinks nessa relação – como, por exemplo, o compartilhamento do Facebook: caso consiga que um perfil de relevância na rede compartilhe seu conteúdo, e que tenha várias interações, isso é considerado como conteúdo relevante para os buscadores.

Ou seja: o conteúdo de qualidade, assim como qualquer estratégia OffPage, é a principal ferramenta de SEO nas redes sociais.

Engajamento, interação e comentários contribuem pra que seus links externos tenham mais relevância pros buscadores, mesmo a página sendo entendida como outra qualquer.

Em contrapartida, há o que não influencia diretamente na estratégia de SEO nas redes sociais. Desta forma, você não precisa focar as ações nesse sentido, buscando ampliar o alcance de maneira orgânica.

Entre as características que não influem na otimização junto às redes sociais estão:

  • Número de curtidas da página, inscritos no canal, seguidores no perfil, entre outros;
  • Backlinks redundantes, como compartilhamentos sem a interação do usuário que está divulgando sua postagem;
  • Conteúdos com baixo conteúdo, que podem até ser critérios de indexação, mas pouco contribuem para o ranqueamento do seu site.

Estratégias de SEO a serem aplicadas nas redes sociais

A relação entre redes sociais e SEO pode ser benéfica pro marketing digital do seu negócio. Isso porque há formas contundentes de utilizar dessas plataformas para ranquear o site no topo dos buscadores.

Algumas estratégias ajudam nesse sentido:

1) Aposte nas interações: quanto mais as pessoas interagirem com seus perfis e páginas nas redes sociais, mais relevante será o conteúdo para buscadores como o Google. Por exemplo: ao fazer uma postagem OffPage no Facebook, busque responder comentários, estimular compartilhamentos e replicar o máximo possível o conteúdo disponível.

2) Seja orgânico: o que vale para seu site, também vale para as redes sociais – e, neste sentido, ser orgânico é a melhor forma de criar autoridade e conseguir, consequentemente, um bom ranqueamento.

3) Aposte na marca: ao procurarem o nome da sua marca no Google é possível que, após os resultados do topo, suas redes sociais apareçam na sequência. Por isso é preciso padronizar a sua marca em todos os perfis e páginas que dispor.

4) Use das imagens: elas não só te ajudam a ter mais engajamento do público com o que está divulgando, como geram mais credibilidade ao conteúdo que está divulgando.

5) Faça a linkagem site + redes sociais: não apenas divulgar seu material do site nas redes sociais, mas fazer o processo inverso também é uma estratégia de SEO neste sentido.

6) Backlinks: sempre que possível busque conseguir um bom número de backlinks – como, por exemplo, uma postagem sua no Facebook que chegou até o LinkedIn de um profissional que avaliou bem o seu conteúdo e possui muitas conexões que replicam o seu material.

O conteúdo é a chave

O Google e o Bing têm métodos diferentes de avaliar as redes sociais como fator de SEO.

O primeiro considera as páginas como outras qualquer, com as características descritas acima como fatores de relevância para o posicionamento do site.

Já o segundo leva em conta tudo isso mais o número de seguidores, por exemplo.

Em ambos os casos – e de outros buscadores – uma coisa é clara: o conteúdo de qualidade continua sendo a chave do sucesso.

Isso porque ele permite o engajamento nas redes sociais e, consequentemente, mais links externos, que são fatores indispensáveis no ranqueamento.

Por isso sua estratégia de SEO OffPage deve estar centrada no marketing de conteúdo, e menos nas redes sociais.

Faz sentido pra sua estratégia de negócio? Conta pra gente aqui embaixo nos comentários.

Deixe seu comentário