Topic Clusters: Conheça Esta Estratégia de SEO e Eleve Seu Posicionamento no Google pra Outro Nível

Conheça a Estratégia de SEO Topic Clusters e Tenha Resultados Garantidos em Seu Blog
Os topic clusters são considerados a evolução do SEO. Conheça agora essa estratégia que vai elevar sua produção de conteúdo para outro nível.
👇🏾 O que você verá neste artigo:

Quem atua na área de marketing digital, sabe que existem muitos termos  e estratégias importantes. E na área de SEO não é diferente, é o caso do Topic Clusters.

Ao pé da letra, esse termo significa grupos de tópico. Ou seja, agrupar em tópicos os conteúdos que abordam o mesmo tema, de forma que haja interligação entre os assuntos.

Com a mudança constante dos algoritmos em motores de buscas, quem trabalha com SEO teve de se adaptar para conseguir ser visto nas primeiras páginas.

Neste post venho mostrar pra você mais sobre o topic clusters, essa estratégia de organização de conteúdos que pode melhorar a sua autoridade na internet. Confira! 😊

O que são topic clusters

Os Topic Clusters consistem no agrupamento de conteúdos que permeiam o mesmo tema.

Esse modelo de organização foi criado pela HubSpot, depois de perceberem as mudanças no comportamento das páginas de busca. Seja como essas buscas são realizadas, ou como essas páginas respondem essas buscas.

Essa mudança que estou dizendo aqui, tem relação com a facilidade que temos de encontrar algo que queremos no Google.

Um tempo atrás, precisávamos ser mais diretos em nossa pesquisa, o que influenciava nos resultados de pesquisa, uma palavra um pouco fora de contexto e sua pesquisa mudava de foco.

Nos dias atuais, ficou mais fácil. Isso porque os motores de busca, como o Google, tiveram de se adaptar com o público que usa a internet.

Com isso, posso afirmar que apenas com algumas palavras é possível encontrar o que queremos em um resultado de busca, independente de ter escrito algo muito específico ou não.

Em suma, esses observações elevaram as estratégias de SEO, o que corresponde a busca por melhores posições nas páginas de resultados de pesquisa.

Os topic clusters influenciam os resultados de busca

A lista de sites que aparece nos resultados de busca também são conhecidos no meio do marketing digital como SERP — Search Engine Results Page.

Essa lista aparece quando colocamos o termo de pesquisa, ou seja, traz conteúdos relacionados a sua busca.

As pesquisas sobre os topic clusters começaram em 2015, por Anum Hussain e Cambria Davies, profissionais da HubSpot.

E o que foi comprovado por meio dessa descoberta, é que quanto mais conteúdos interligados, melhor o posicionamento daquele conteúdo nas páginas de resultado — SERP.

Ou seja, quanto maior a quantidade de links internos melhor posicionada será a sua página.

Abaixo, nesse exemplo retirado da HubSpot, é possível identificar os conteúdos de pilar no centro e os demais conteúdos (clusters) ligados à eles:

Nova estrutura de conteúdo
Estrutura em topic clusters de um blog.

 

Quem é que não quer estar na primeira página, não é mesmo? Por isso, essa é uma estratégia que vale a pena aplicar em seu negócio.

Quais os benefícios dos topic clusters para o seu site

Posso dizer que os benefícios em aplicar a estratégia de topic clusters em seu blog vai muito além da organização dos conteúdos em grupos.

Dessa forma, apresento a vocês 4 pontos que beneficiam o seu trabalho no blog:

1. Melhor organização de páginas com autoridade

Quando você aplica o modelo de topic clusters no site, outras páginas do seu blog ficam mais acessíveis as pessoas que entram nas páginas.

Ou seja, os links internos possibilitam que páginas pilares se tornem cada vez mais fortes, tornando-a autoridade do seu site.

O que quero dizer é que a utilização de bons links em conteúdo de pilar proporciona o rearranjo dessa autoridade para os clusters (vou explicar melhor sobre eles no próximo tópico).

2. O domínio do seu site ganha mais autoridade

Ainda falando sobre autoridade na internet, o seu site pode ganhar mais destaque em algum assunto específico por conta dos links internos.

O Google reconhece que este conteúdo de pilar é relevante e assim, atrai novos links  de forma orgânica para ele.

Esses novos links chegam por meio da troca com outros sites, conhecido como link building.

Essa troca de conteúdos com outras páginas aumenta a “pontuação” do seu domínio, o que mostra que aquele site é confiável e traz assuntos valiosos.

Essa é uma prática que utilizo muito aqui na Marketing de Crescimento, a troca de links tem sido importante para a nossa evolução.

3. Aumento do tráfego orgânico

Com uma página pilar aliada a boas estratégias de SEO, é possível aumentar o tráfego orgânico para o site da sua empresa.

Isso acontece, porque geralmente a palavra-chave utilizada para a produção de conteúdo tem um volume bem alto de busca.

Você pode fazer a busca de palavras-chave e ver o volume desses termos em sites como o Ubersuggest.

Além disso, outro ponto que aumenta o tráfego orgânico é a autoridade da página, que pode levá-la para a primeira página do Google. Isso possibilita maior número de visitas.

Por fim, o conteúdo de pilar, por ser bem estruturado, aumenta as métricas relacionadas ao engajamento das pessoas na sua página e também ao tempo que esses usuários permanecem no seu site.

Isso traz um retorno positivo, pois o Google entende que seu conteúdo é completo, e dessa forma, o tráfego orgânico também aumenta.

4. Aumento de leads relevantes

Quando falo de conteúdo de pilar, falo também sobre o aumento de bons leads para a sua empresa.

Isso significa que uma página importante aumenta a taxa de conversão se comparado com artigos comuns.

Ou seja, um conteúdo completo e relevante eleva essa taxa, pois mais pessoas se interessarão pelo seu post.

Outro ponto importante, é a disponibilização desse conteúdo de alguma forma. Seja enviar por e-mail, compartilhar ou até mesmo baixar o arquivo em PDF.

Às vezes, o leitor deseja ver depois e prefere enviá-lo para uma leitura mais tranquila. Disponibilizar essas opções também aumentam a geração de leads.

Obviamente a taxa de conversão não é semelhante a uma Landing Page — página que gera  conversões, por meio de formulários, newsletter e outras formas de gerar leads —, mas ainda assim tem muita relevância.

Como estruturar os topic clusters em seu blog

Acredito que você tenha interesse em aplicar essa estratégia em seu blog e esteja se perguntando como funciona. Pois bem, vamos lá!

Os topic Clusters são estruturados da seguinte forma:

  1. Conteúdo de pilar — conteúdo principal;
  2. Clusters —  grupos de conteúdo que estão ligados aos conteúdos pilares;
  3. Links internos — linkar conteúdos seus dentro desses clusters.

A seguir, veja detalhadamente minhas explicações sobre cada um deles:

1. Conteúdo pilar

O conteúdo pilar pode ser definido como a estrutura principal que sustenta os outros conteúdos, ou seja, o grupo de posts que compõe o mesmo assunto.

Você deve estar em dúvida como definir esse conteúdo principal, não é? Pois saiba que é bem simples, vou explicar a seguir.

Como este artigo é o que vai sustentar o restante do grupo, ele deve abordar de forma ampla um tema.

Ou seja, você deve utilizar palavras-chave que tenham um alto volume de buscas — geralmente são palavras que se referem a assuntos mais abrangente.

Mas, além de ser um tema mais vasto, o post deve ser relevante para que suas estratégias de conversão e SEO sejam reconhecidas pelo Google.

Dessa forma, lembre-se de analisar muito bem os temas mais importantes para você, e que tenha a ver com o seu negócio.

Outro ponto que deve ser levado em consideração é a potencialidade desse tema abordar de forma mais ampla o que as pessoas buscam na internet.

Deixo aqui uma dica que vai auxiliar nessa definição de posts pilares: sempre utilize palavras-chave de cauda curta — head tail, em inglês —, ou seja, termos mais gerais que possibilitam abordar outros conteúdos dentro do principal.

2. Clusters

Os clusters são os grupos de conteúdos que auxiliarão o post principal. São eles que melhoram a posição do conteúdo de pilar nos resultados de busca.

Esses grupos devem trazer assuntos mais específicos, mas que tenham a ver com o tema principal. Ou seja, eles têm o papel de desmiuçar todo um tema.

Como haverá a linkagem interna — como já disse mais acima, em benefícios dessa estratégia —, o artigo principal deve abordar de forma leve e sucinta os clusters.

Veja um exemplo aqui da Marketing de Crescimento. Vou utilizar aqui como conteúdo pilar nosso artigo sobre Marketing de Conteúdo. Os clusters que estão ligados a esse tipo de conteúdo são os de:

Outra dica que trago aqui está relacionada a definição de palavra-chave dos clusters. Neste caso, utilize palavras de cauda longa — long tail —, ou seja, termos mais específicos.

Lembra que falei mais acima sobre a conexão dos clusters com o artigo principal? Então, isso é feito por meio da linkagem interna, assunto para o próximo tópico.

3. Links internos

Além da troca de links com outros sites, a linkagem interna também influencia no rankeamento do seu conteúdo nas páginas do Google.

E, confesso, que é muito comum os profissionais da área esquecerem desse detalhe que faz toda a diferença.

Os links internos têm papel fundamental para mostrar ao Google como funciona a organização do seu conteúdo, ou seja, quais são os mais importantes e também qual o domínio da sua empresa sobre determinado assunto.

Por isso, lembre-se:

  • Sempre faça a linkagem do cluster para o conteúdo de pilar;
  • O conteúdo de pilar também deve conter a linkagem para os clusters.

Dessa forma, os conteúdos ficam interligados e cria-se uma rede de conteúdos, como a exemplificação na imagem abaixo:

Modelo de Topic Clusters.
Modelo de Topic Clusters. Fonte: HubSpot.

 

O ideal é ter uma visão completa dessa estrutura, pois somente dessa forma, é possível medir os resultados dessa estratégia para a sua empresa.

E pra ajudar você nessa, pense na possibilidade de criar um documento para organizar os topic clusters de forma simples e prática, como uma planilha no Excel ou no Google docs.

Espero que tenha gostado de saber mais sobre topic clusters, uma das inúmeras estratégias de SEO.

Agora é hora de colocar em prática no seu site! 😉

👍🏾 Curtiu o conteúdo? Acompanhe também nosso canal lá no YouTube, mas não se esqueça de ativar o sininho pra receber os próximos vídeos. 🔔

Aproveite e siga a gente no Instagram. 👌🏾

Compartilhe o conteúdo

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no twitter
Compartilhar no facebook
Compartilhar no email
Este conteúdo foi escrito por
Equipe de Marketing

Equipe de Marketing

Conteúdo escrito pela nossa equipe de especialistas, que tem a missão de fornecer Informações e Dicas Poderosas sobre Transformação Digital em Marketing e Vendas de forma Acessível e Desburocratizada.

Receba nossos conteúdos 👇🏾

Um montão de gente inteligente deixou o email aqui pra receber nossos conteúdos antes de todo mundo. Falta só você!
🔒 Seus dados estão 100% protegidos e jamais serão compartilhados. Ao se cadastrar, você concorda com a nossa Política de Privacidade.

Leia também e aprenda mais

Seus resultados estão deixando você realmente feliz?

Podemos conversar sobre sua operação de marketing e vendas pra descobrir quais pontos chaves podem ser melhorados com a Transformação Digital, de acordo com seus objetivos e metas. Vamos?
Marketing de Crescimento - Transformação Digital em Marketing e Vendas
Rolar para cima

E-mail cadastrado com sucesso!

A partir de agora você receberá nossos conteúdos sempre que saírem. Aproveite e confira o e-mail de boas vindas que acabamos de te enviar.
⚠️ Não recebeu? Então confira sua caixa de Promoções ou de SPAM e marque nosso e-mail como confiável — Estrela ⭐
eBook Técnicas de Vendas - Marketing de Crescimento
⬇️ Baixe Grátis seu eBook e venda melhor:

Dê Play e Assista a Aula Exclusiva sobre Prospecção Digital

✅ Esta aula faz parte do curso “Máquina de Vendas: RD Station CRM + Prospecção no LinkedIn”, onde você pode aprender a aplicar a Transformação Digital em Vendas B2B pra Prospectar, Gerenciar e Otimizar seu Processo com o Poder da Tecnologia.

Material enviado com sucesso!

O link no seu email expirará em:
Minutos
Segundos
⚠️ Não recebeu? Confira sua caixa de Promoções ou SPAM e marque nosso e-mail como confiável — ⭐ Estrela